fbpx

ALESP aprova PL que permite desembarque de Mulheres, Idosos e PCD fora do ponto de ônibus

A assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) aprovou na última quarta-feira, dia 18 de setembro, um projeto que permite o desembarque de idosos, pessoas com deficiência e mulheres fora dos pontos de ônibus das 22h00 às 05h00 do dia seguinte nos ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) que circulam pelas regiões metropolitanas do estado de São Paulo.

O projeto é de autoria do deputado Tenente Coimbra (PSL) e precisa ser sancionado pelo governados João Doria (PSDB) para entrar em vigor. Na Justificativa, o deputado escreve que os três grupos de passageiros ficam vulneráveis durante a noite e a madrugada e “são alvos preferenciais de bandidos”.


Na cidade de São Paulo a regra já está em vigor desde 2013 para pessoas com deficiência, e desde 2016 para idosos e mulheres.

A EMTU afirmou que ainda não vai se posicionar sobre o projeto por ainda não ter sido sancionado pelo Governador João Dória.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.