fbpx

Operação das portas de plataforma da Estação Borba Gato da Linha 5-Lilás é iniciada

A estação Borba Gato da Linha 5-Lilás do Metrô, operada e administrada pela concessionária ViaMobilidade, teve a operação das portas de plataforma iniciadas neste sábado, dia 7 de março de 2020. A instalação do equipamento foi feita pelo Metrô de São Paulo.

A estação Borba Gato é a sétima a contar com as portas de plataforma, se juntando agora as estações Santa Cruz, Hospital São Paulo, AACD-Servidor, Eucaliptos, Brooklin e Adolfo Pinheiro.


Ainda restam mais 10 estações da linha 5-Lilás que ainda não receberam os dispositivos de segurança, são elas as estações Capão Redondo, Campo Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro, Largo Treze, Alto da Boa Vista, Campo Belo, Moema e Chácara Klabin.

De acordo com um comunicado publicado pela STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) nas redes sociais, o Metrô de São Paulo está atualmente com 4 frentes de trabalho para a instalação dos dispositivos de segurança nas estações Alto da Boa Vista, Campo Belo, Moema e Chácara Klabin. A previsão é que até 2021 todas as portas da Linha 5 estejam instaladas.

A STM ainda informou que neste ano será iniciado a instalação das portas de plataformas nas estações da linha 3-vermelha, segundo a secretária, a previsão é que até 2022 todas estações do Metrô de São Paulo tenham os dispositivos.


As portas automáticas são estruturas instaladas nas plataformas, que só se abrem quando o trem chega, evitando acidentes. Elas são colocadas nos locais onde as portas dos trens vão ficar quando a composição parar na estação. Nos trechos onde não há portas a plataforma fica separada do trilho do trem por uma parede de vidro.

Ouça abaixo a Podcast da matéria:

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo, você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.