fbpx

CPTM, Metrô e EMTU não terão redução da frota em operação

A STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) informou nesta quarta-feira, dia 18 de março, que não haverá redução da frota dos ônibus da EMTU e também dos trens da CPTM e do Metrô de São Paulo.

A Secretaria informou que com a diminuição da demanda será possível oferecer mais comodidade aos passageiros. Além disso, também foi informado que demanda da frota poderá ser adequada as eventuais oscilações de demanda, desde que assegurados conforto e segurança dos usuários.


Confira abaixo outras medidas tomadas pela STM

– Está suspenso o benefício do Passe Livre, seguindo o decreto 64.862/20 que determina a suspensão das aulas em escolas públicas e municipais.

– Recomendação para que as pessoas, especialmente os idosos, evitem os horários de pico.

– Desenvolvimento de campanhas conjuntas sobre como usar o transporte público com segurança durante esse período de disseminação do vírus.

– Intensificação da higienização nas estações, pátios e trens da CPTM e Metrô, e dos terminais e ônibus metropolitanos.

– Atuação na fiscalização de reposições de itens de limpeza dos banheiros públicos, como sabonete, papel higiênico e papel toalha.


– Cartazes com informações sobre a prevenção contra a doença, de acordo com as orientações da Secretaria Estadual de Saúde já estão disponíveis nas estações, terminais e ônibus.

A STM também informou novas medidas podem ser tomadas e anunciadas nos próximos dias de acordo com as orientações da Secretaria Estadual de Saúde.

VEJA TAMBÉM:
Confira medidas no transporte contra o coronavírus
PL exige dispensadores de álcool em gel nos transportes
SPTrans suspende passe livre e meia tarifa para estudantes

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação e outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.