fbpx

Usuários reclamam de superlotação nos ônibus em SP

Em tempos onde a recomendação é evitar aglomerações devido ao coronavírus, os ônibus de São Paulo tem circulado lotados.

Coletivos que partem do Terminal Petrônio Portela saem lotados de passageiros, como mostrou uma reportagem da Record TV.


Além da lotação, usuários aguardam os ônibus em filas sem o distanciamento recomendado de pelo menos um metro e meio.

A situação se repete em outras linhas da capital. Em uma postagem da página do Facebook “Freguesia News“, um usuário reclama da superlotação na linha 209P/10 (Terminal Pinheiros / Terminal Cachoeirinha).

Em outra postagem, uma usuária denuncia um ônibus da linha 189L (Lapa / Conexão Vila Iório) rodando com ar-condicionado desligado.

Um motorista que não se identificou afirmou que os profissionais estão apavorados. “Estamos apavorados, sem direção, sem respaldo da empresa e sindicato. Os riscos que nós, motoristas, cobradores e fiscais de onibus estamos tendo é enorme. E agora aumentou ainda mais devido à redução da frota. Nos horários de pico, os carros rodam bem mais cheios”, disse.


A partir de amanhã (30), a frota de ônibus sofrerá nova redução e passará a ser de 40%. De acordo com a SPTrans, a movimentação de passageiros é monitorada diariamente para fazer ajustes nas linhas.

A SPTrans afirmou também que a oferta de ônibus está maior do que a demanda existente, de 23% de passageiros transportados.

A Prefeitura já retirou de circulação 7 mil ônibus. Além disso, a frota do Noturno passou de 430 para 211 coletivos.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta