fbpx

MPT quer toda frota de ônibus e trens operando em SP

João Eduardo Amorim, procurador chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT-SP) recomendou que toda a frota de ônibus e trens de São Paulo retornasse imediatamente, ao menos em horários de pico.

O procurador enviou ofício ao governador João Doria e ao prefeito Bruno Covas (PSDB), na última sexta (03). A medida teria como objetivo evitar lotações e diminuir riscos devido ao atual momento.


A Prefeitura e o governo do Estado diminuíram a oferta de transporte público. Porém, a Prefeitura teve que reforçar a frota de diversas linhas devido a superlotação dos ônibus.

A frota de ônibus operando atualmente é de aproximadamente 47,3% de um dia útil. A Prefeitura informou que a quantidade de passageiros está em 27%.

Já o governo estadual mantém 65% da frota dos trens do Metrô e da CPTM, além dos ônibus da EMTU operando. A demanda de usuários está em 18%, de acordo com a gestão estadual.

O ofício do procurador do MPT foi enviado a Edson Caram, secretário municipal de Mobilidade e Transportes e a Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes Metropolitanos.

O restabelecimento imediato das frotas ao menos nos horários de pico (das 6h às 9h e das 17h às 20h) é recomendado pelo procurador-chefe no documento.


A Prefeitura e o governo do Estado devem prestar informações ao MPT sobre os procedimentos que serão adotados em até 72 horas, a partir da notificação. O prazo termina hoje (06).

De acordo com a Prefeitura, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes irá prestar as informações dentro do prazo solicitado.

Além disso, a gestão municipal informou também que a SPTrans monitora diariamente a movimentação dos passageiros para fazer “ajustes necessários”.

Já o governo do Estado informou que a operação é monitorada a cada hora. “Quando constatado a necessidade de mais trens na linha, eles são imediatamente injetados para não ocorrer aglomerações, diz nota da Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Com informações do jornal Estadão

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta