fbpx

Cresce movimento no transporte de SP

A circulação de passageiros no transporte público de São Paulo aumentou nos últimos dias, apesar das recomendações de isolamento social.

De acordo com reportagem do jornal Estadão, linhas de ônibus da capital paulista tiveram 810 mil usuários a mais do que a quantidade registrada em 27 de março. Também houve aumento da demanda nos trens do Metrô e da CPTM.


Ontem (08), com o aumento da demanda, a SPTrans colocou em circulação mais 424 coletivos para reforçar a frota de 196 linhas.

Com o acréscimo dos ônibus, a frota em operação chegou a 53,02% de um dia útil. As linhas que receberam reforço de frota foram definidas após análise de oferta e demanda realizada pela Engenharia de Campo da SPTrans.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos (STM), o Metrô operou ontem com aproximadamente 20% da demanda de passageiros. Já a CPTM operou com 27% e os ônibus da EMTU com 28%.


A SPTrans informou que os terminais administradas pela empresa contam com faixas de marcação de distanciamento nas plataformas. A sinalização define a distância de 1 metro entre os usuários enquanto aguardam o embarque.

Já a STM informou que monitora a operação a cada hora. Quando constatada a necessidade de mais trens nas linhas, os mesmos são imediatamente colocados em operação para evitar aglomerações.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta