fbpx

Metrô passa 13 terminais de ônibus para a iniciativa privada

Desde a última quarta (09), 13 terminais de ônibus ligados a estações do Metrô passaram a ser administrados pela empresa Unitah Empreendimentos e Participações.

Os locais foram concedidos para serem explorados comercialmente. A empresa ficará responsável pela manutenção, segurança e limpeza dos espaços.


Os terminais concedidos estão ao lado das seguintes estações:

Linha 1-Azul

Ana Rosa
Armênia
Santana
Parada Inglesa

Linha 3-Vermelha

Artur Alvim
Patriarca (Norte)
Vila Matilde (Norte)
Penha (Norte)
Carrão (Norte e Sul)
Tatuapé (Norte e Sul)
Brás

A concessão foi feita no ano passado. A empresa poderá explorar as áreas por 30 anos e pode até construir sobre os terminais Ana Rosa Artur Alvim, Patriarca/Norte, Vila Matilde/Norte, Penha/Norte, Carrão/ Norte, Carrão/Sul, Tatuapé/Norte, Tatuapé/Sul e Brás.


A empresa pode construir sobre os terminais seja para uso comercial ou residencial, em uma área total de 84 mil m² de construções.

O valor da outorga foi de R$ 11 milhões para o Metrô. Além disso, a partir do quinto ano de contrato, a companhia também receberá R$ 855 mil mensais ou 8% da renda bruta da exploração dos terminais, o que for maior.

A concessão também deverá proporcionar economia de aproximadamente R$ 22 milhões por ano, quantia que era gasta com a manutenção e conservação dos terminais.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta