Em BH, gratuidade para idosos em horários de pico é suspensa

A Prefeitura de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, suspendeu temporariamente a gratuidade para idosos com mais de 65 anos no transporte público em horários de pico.

O Decreto entrou em vigor ontem (20). A medida busca desencorajar que pessoas acima de 65 anos utilizem o transporte em horários de maior movimento.


A Prefeitura afixou cartazes avisando sobre a medida. Porém, muitos passageiros foram pegos de surpresa e ficaram indignados com a suspensão da gratuidade.

De acordo com o Decreto nº 17.332, que foi publicado no Diário Oficial na última sexta (17), idosos que embarcarem nos ônibus nos períodos entre 5h e 8h59 e das 16h às 19h59 terão que pagar passagem.

A medida dividiu opiniões. Alguns idosos concordaram com o decreto devido ao atual momento e pelo fato da medida ser válida apenas em horários de pico. Já outros discordaram do decreto temendo serem prejudicados em casos de urgência.

O governo do estado também estabeleceu que, a partir do último sábado (18), usuários com idade superior a 65 anos só terão direito a gratuidade no transporte coletivo metropolitano nos períodos das das 9h às 16h e das 20h às 4h.

*Com informações do jornal Estado de Minas

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta