fbpx

Sindicato irá bloquear saída de ônibus sem cobradores na segunda (11)

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de SP (Sindmotoristas) divulgou em suas redes sociais que ações nas garagens serão realizadas e a saída dos coletivos que estiverem apenas com o motorista, sem a presença do cobrador, será bloqueada.

O deputado federal e presidente do sindicato, Valdevan Noventa, disse em nota que “sem cobrador nenhum ônibus vai sair da garagem”.


De acordo com o sindicato, a ação se trata de um “movimento de resistência da categoria à resolução do prefeito Bruno Covas de ampliar a frota em circulação, colocando mais mil ônibus nas ruas, porém, sem a presença dos cobradores”.

As mobilizações nas garagens terão início a partir da meia-noite de segunda (11).

O reforço de frota de ônibus na capital foi anunciado pela Prefeitura na sexta (08). De acordo com a gestão municipal, mais 1000 ônibus serão colocados em circulação e outros 600 estarão em bolsões distribuídos em áreas estratégicas da cidade.

Os coletivos serão distribuídos em 469 linhas de todas as regiões da cidade, além de terminais de trem e metrô. Confira as linhas clicando aqui.

Nota completa do sindicato

“O Sindmotoristas chama atenção de todos os diretores, militantes e trabalhadores para uma ação em todas as garagens de ônibus na próxima segunda-feira (11).


Trata-se de um movimento de resistência da categoria à resolução do prefeito Bruno Covas de ampliar a frota em circulação, colocando mais mil ônibus nas ruas, porém, sem a presença dos cobradores.

O sindicato que, desde o início da pandemia do coronavírus, encontra-se na linha de frente da batalha pela vida e pelo emprego dos condutores, considera isso uma afronta por parte do Poder Público.

Por isso, a decisão já foi tomada. O deputado federal e presidente do Sindmotoristas, Valdevan Noventa, fez chegar aos patrões e à Prefeitura a posição da categoria. “Sem cobrador nenhum ônibus vai sair da garagem”.

O secretário de Cultura da entidade, Valmir Santana da Paz (Sorriso), já convocou toda a diretoria e os delegados sindicais para que, a partir da zero hora do próximo dia 11, façam junto com os trabalhadores a defesa do emprego dos cobradores”.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta