fbpx

Rodízio ampliado em SP quase zera engarrafamento

Após a entrada em vigor do rodízio emergencial em São Paulo, a cidade registrou redução no número de carros e congestionamento próximo de zero.

Segundo a CET, o pico de congestionamento atingiu 1 km às 08:30. Na semana passada, o pico registrado foi de 11 km entre 08:00 e 09:00


Edson Caram, secretário municipal de Transportes, avaliou o resultado parcial como positivo. “A cidade andou de forma tranquila, e os índices de lentidão foram muito, mas muito muito abaixo do que aconteceu na semana passada e retrasada”, disse.

O rodízio emergencial entrou em vigor a partir da meia-noite desta segunda, e tem como objetivo restringir a circulação para que a taxa de isolamento social fique acima de 60%.

Nesta segunda, apenas veículos com placas de final ímpar (1,3,5,7 e 9) tem autorização para circular. O novo rodízio é válido para todo o perímetro da cidade, durante todo o dia.

Transporte público

O transporte público registrou aumento na lotação no primeiro dia do rodízio emergencial em São Paulo.


Edson Caram disse que o reforço na frota de ônibus foi suficiente para atender a demanda. Mais mil veículos foram colocados nas ruas para reforçar a frota.

Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes, disse que houve aumento de 12% a 15% no número de passageiros nos trens da CPTM e Metrô. “Aumentamos a frota em aproximadamente 20% do número de trens”, disse.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta