fbpx

Em SP, rodoviárias terão medidor de temperatura e túneis de desinfecção

Segundo a Socicam, empresa que administra os terminais rodoviários de São Paulo, os locais irão receber sensores térmicos para medir a temperatura corporal dos passageiros, câmeras inteligentes que identificarão aglomerações e túneis de desinfecção.

Os túneis borrifarão um desinfetante digluconato de clorexidina a 0,2%. Um deles já foi instalado no Terminal Tietê no fim de semana e está em testes. As demais estruturas deverão ser instaladas nos próximos dias.


A Socicam administra 28 terminais rodoviários e 14 aeroportos no Brasil. Outro teste do equipamento é realizado no Terminal Rodoviário de Campinas, no interior de São Paulo.

A empresa ainda vai definir com autoridades sanitárias qual será o procedimento adotado ao identificar um passageiro com indícios de febre.

O uso dos túneis será opcional. Passageiros que se recusarem a passar por eles não serão impedidos de acessar os terminais.


Wanderley Galhiego Júnior, diretor de Novos Negócios e Inovação da Socicam, disse que o produto borrifado nos usuários não faz mal a saúde.

As estruturas estarão na entrada e também no setor de desembarque do Terminal. O objetivo do projeto, batizado de “Embarque Seguro”, é garantir a biossegurança dos terminais, que registraram neste mês queda de 90% no movimento.

*Com informações do jornal Estadão

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta