fbpx

Máscaras de proteção são produzidas por voluntários da CPTM a partir de uniformes que seriam descartados

Cerca de 30 funcionários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) se voluntariaram para produzir máscaras de proteção a partir de uniformes que não foram utilizados para ajudar os demais colaboradores da empresa.

De acordo com a CPTM, a primeira doação aconteceu nesta quarta-feira, 27 de maio na estação Brás, a mais movimentada da companhia.


No primeiro lote foram produzidas 1.100 máscaras como explicou a assessora executiva da CPTM Sarah de Sá Fernandes, uma das responsáveis pelo projeto. “Estes tecidos são perfeitos para a confecção do utensílio e seriam incinerados, porque o fato das roupas terem o logo da CPTM dificulta o processo de doação”, explica.

Com a quantidade de tecido disponível será possível produzir até 5 mil máscaras e a ideia é que todas elas sejam distribuídas a funcionários da CPTM. “São ferroviários ajudando ferroviários”, disse Sarah.

Segundo informações da CPTM, as máscaras estão sendo produzidas nas residências dos próprios funcionários.


“Está no espírito da CPTM ajudar ao próximo e este voluntariado é mais uma prova disso. O transporte público é um serviço essencial e tem que continuar funcionando, mas com toda segurança possível”, explica Pedro Moro, presidente da companhia.

Todos os funcionários da CPTM já receberam máscaras de proteção, todos têm álcool em gel à disposição e os colaboradores que fazem parte do grupo de risco já estão afastados.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.