fbpx

Sistemas Metroferroviários Brasileiros sofrem com redução de passageiros transportados

Os sistemas metrô, trens urbanos e Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de todo o Brasil apresentaram uma redução de 31,7% no número de passageiros transportados no 1º trimestre/2020 por conta da atual crise sanitária.

De acordo com informações da ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos), entidade que representa os operadores metroferroviários brasileiros, somente nos últimos 15 dias do mês de março, estima-se que os operadores perderam R$ 500 milhões de arrecadação somente com bilheteria.


Em abril, os sistemas sobre trilhos de todo o país registraram uma perda de 77,2% dos passageiros. A projeção para 2º semestre é que haverá uma queda de 70% no total do número de usuários transportados, caso seja mantida a atual situação sanitária e as restrições de viagens.

Apesar da crise, o setor metroferroviário manteve o seu quadro de colaboradores. Atualmente, o setor emprega mais de 39 mil pessoas, de acordo com informações da ANPTrilhos.


Veja também:
Balneário Camboriú pode ficar sem transporte coletivo
BAHIA: Decisão judicial mantém tarifa da ViaBahia
Metrô e trens registram déficit de R$ 933 milhões de receita

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.