fbpx

Metrô Recife começa a receber mais passageiros após suspensão de medidas restritivas

O Metrô de Recife está recebendo mais passageiros. É o que aponta um balanço realizado pela GIPLA (Gerência Regional de Planejamento) e a COPET (Coordenação Operacional de Planejamento de Transporte). O balanço foi divulgado nesta terça-feira, dia 2 de junho.

De acordo com o balanço, as pessoas passaram a utilizar mais o Metrô em seus deslocamentos após a suspensão do Decreto nº. 49.017, de 11/05/2020, que intensificava as medidas restritivas de circulação em cinco municípios da RMR (Região Metropolitana do Recife).


Os dados apontam que houve um acréscimo de 3,61% nos passageiros transportados pelo metrô, o que representa um aumento de 2.520 pessoas. O relatório, que compara a demanda do dia 25/05, quando ainda estava em vigor o decreto, com o dia 01/06, data imediatamente posterior ao fim das medidas restritivas, também indica um acréscimo de 20,13% de passageiros pagantes. Isso representa um aumento de 2.508 pessoas.

Linhas operadas pela CBTU Recife

Em relação às linhas operadas pela CBTU Recife, na Linha Centro houve um aumento percentual de 2,18% ou 1.266 passageiros na demanda total do dia 01/06 quando comparada à do dia 25/05. A demanda de pagantes também aumentou em 23,27% ou 1.905 passageiros pagantes nesse mesmo dia.

Já na Linha Sul, houve comportamento semelhante à Linha Centro, sendo o acréscimo um pouco maior. A demanda total de passageiros transportados subiu 10,78%, quando comparada ao dia 25/05, e a demanda de passageiros pagantes para 14,13%, representando, respectivamente, um aumento de 1.254 passageiros transportados e 603 passageiros pagantes.

É valido lembrar também que a CBTU Recife está operando com horário reduzido desde o dia 22 de março. Funcionando com as linhas Centro e Sul das 06h às 09h e das 16h30 às 20h e sem a circulação da linha de VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos). A adoção do horário foi devido a atual crise sanitária enfrentada.

Além disso, Os dados do dia 01 de junho demonstram uma redução total de 72,7% na demanda de passageiros. Sendo 69,9% na Linha Centro e 81,5% na Linha Sul, em relação ao dia 09 de março. As datas são consideradas um marco inicial por ser o primeiro dia útil após o aumento da tarifa, que ocorreu em 07/03 (sábado), e a crise sanitária ainda não estava tão presente.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.