fbpx

Plataformas da Estação Brás da CPTM recebem borrachões de proteção

Mais uma estação da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) recebeu os borrachões de proteção que diminui a distância entre o trem e a plataforma. O dispositivo foram instalados nas plataformas 3 e 4 da Estação Brás, a mais movimentada da companhia.

O presidente da CPTM, Pedro Moro, celebrou a instalação dos dispositivos em suas redes sociais e afirmou que a equipe de manutenção da companhia não parou um minuto sequer mesmo durante a atual crise sanitária.


As instalações dos borrachões de proteção nas estações da companhia foram divididas em duas fases. Nesta primeira fase, somente as estações com maior movimento de passageiros receberão os dispositivos. O investimento total desse contrato é de cerca de R$ 7,2 milhões.

Um novo cronograma será realizado ainda este ano para que as demais estações também recebem os borrachões. Segundo a CPTM, O espaço entre o vão e a plataforma existe em razão da divisão das vias com os trens de carga, que são mais largos que os trens de passageiros.

Os borrachões foram planejados para permitir também a passagem das composições de carga. O desenho foi criado especialmente para as linhas da CPTM.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.