fbpx

SPTrans entrega 800 quilos de alimentos arrecadados nos terminais

800 quilos de alimentos não perecíveis foram entregues pela SPTrans à Cruz Vermelha na última quinta (04), como parte da campanha Cidade Solidária, da Prefeitura de São Paulo.

Os alimentos foram arrecadados desde o dia 19 de maio em 27 terminais urbanos de ônibus da Capital, que foram preparados para receber doações de alimentos destinados a famílias em situação de vulnerabilidade.


Caixas foram instaladas na entrada dos terminais para receber os alimentos não perecíveis, como como arroz, feijão, leite em pó, farinha de mandioca, açúcar refinado, óleo de soja, sal, macarrão, polpa ou purê de tomate e sardinha em óleo comestível.

Para chamar a atenção da população, são veiculados avisos sonoros com as seguintes mensagens:

“Participe da campanha “Cidade Solidária”. Doe alimentos não perecíveis para famílias carentes. Neste terminal tem uma caixa para receber a sua doação”.

“Se precisar sair de casa aproveite para participar da Campanha Cidade Solidária. Em sua próxima viagem, traga alimentos não perecíveis, e faça sua doação neste terminal”.

“Quer participar da Campanha Cidade Solidária, mas não sabe como? É fácil. Traga alimentos não perecíveis e faça a sua doação neste terminal”.

Cartazes também foram afixados nos quadros de avisos e os funcionários dos terminais orientam os usuários sobre como e onde doar.

Terminais participantes
  • A. E. Carvalho – Av. Imperador, 1.401
  • Amaral Gurgel – Rua Dr. Frederico Steidel, 107
  • Bandeira – Praça da Bandeira, s/nº
  • Campo Limpo – Estrada do Campo Limpo, 3465
  • Capelinha – Estrada de Itapecerica, 3222
  • Casa Verde – Rua Baía Formosa, 80
  • Cidade Tiradentes – Rua Sara Kubitscheck, 165
  • Grajaú – Rua Giovanni Bononcini, 77
  • Guarapiranga – Estrada do M’Boi Mirim, 150
  • Jardim Ângela – Estrada do M’Boi Mirim, 4901
  • João Dias – Avenida João Dias, 358
  • Lapa – Praça Miguel Dell Erba, 50
  • Mercado – Av. do Estado, 3350
  • Parelheiros – Estrada da Colônia, 300
  • Penha – Av. Cangaíba, 31
  • Pinheiros – Rua Gilberto Sabino, 130
  • Pirituba – Avenida Doutor Felipe Pinel, 60
  • Pq. Dom Pedro II – Av. do Exterior, s/nº
  • Princesa Isabel – Alameda Glete, 433
  • Sacomã – Rua Bom Pastor, 3000
  • Santo Amaro – Avenida Padre José Maria, 400
  • São Miguel – Rua Tarde de Maio, s/nº
  • Sapopemba – Av. Arquiteto Vilanova Artigas, S/Nº
  • Varginha – Avenida Paulo Guilguer Reimberg, 247
  • VL. Carrão – Avenida Dezenove de Janeiro, 884
  • Vila Nova Cachoeirinha – Avenida Inajar de Souza
  • Vila Prudente – Av. Professor Luís Ignácio de Anhaia Melo, 1359

Interessados em ajudar as pessoas poderão continuar doando, sem sair do carro, cestas de alimentos e/ou higiene e limpeza nos nove pontos de coleta do programa, ou doar qualquer valor em dinheiro para um Fundo com destinação exclusiva para aquisição de cestas e complementação de renda às famílias vulneráveis.


Para ofertar grandes quantidades de cestas, ou algum dos itens solicitados, basta entrar em contato com o Portal 156.

Dados para doação


Banco do Brasil, PMSP/SMDU-Cidade Solidária, CNPJ: 46.395.000/0001-39, Agência 1897-X, C/C 2020-6.

Confira endereços dos pontos de coleta, itens que podem ser doados e demais informações clicando aqui.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta