Equipamento de descontaminação é doado à CPTM por startup brasileira

A CPTM recebeu, em forma de doação, um equipamento de descontaminação criado pela BioGuard, com tecnologia 100% brasileira.

A startup foi criada em março, com a proposta de descontaminar ambientes rapidamente mantendo a segurança e a saúde dos equipamentos e pessoas.


A BGtech-19 pulveriza uma névoa que contém gotículas ionizadas de desinfetantes de até 12 mícrons. Dessa forma, os organismos vivos são eliminados, tanto no ar quanto nas superfícies dos objetos.

Andre Tchernobilsky, sócio da BioGuard, disse que “a nossa tecnologia proporciona uma rápida descontaminação com segurança, garantindo a eliminação de germes, bactérias e vírus”.

“Recentemente fizemos um teste num vagão do trem de São Paulo, depois de um dia normal de utilização pela população. Ali, foram colhidas amostras por um laboratório que constatou a eliminação de todos os vírus e bactérias após o uso da tecnologia da BioGuard”, disse.

“Após o sucesso, decidimos doar a BGTech-19 para a CPTM e colaborar com o retorno dos paulistanos de forma segura ao nosso novo normal”, completou.


Os equipamentos eletrônicos ficam preservados de danos com o uso do equipamento pelo controle de saturação e pelo fato das gotículas ionizadas serem muito pequenas.

Criada por João Paulo Bianchini, André Tchernobilsky e Gabriel Hamuche, sócios também da ZegAmbiental, a startup BioGuard comercializa o equipamento no Brasil e em outros países.

A BioGuard ainda possui soluções de tecnologia de descontaminação em qualquer ambiente como lojas, hospitais, escritórios, faculdades, etc.

*Com informações do Portal Startupi

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.