Ambulante acusa seguranças da CPTM de agressão em Itapevi

Um ambulante que vende máscaras de proteção e outros produtos acusa seguranças da CPTM de agredi-lo em Itapevi, na Grande São Paulo.

O caso ocorreu na última quarta (24). Testemunhas gravaram vídeos que circulam pelas redes sociais, que mostram o ambulante Klebson Lima de Oliveira, de 24 anos, com ferimentos pelo corpo afirmando ter sido agredido pelos seguranças da companhia.


De acordo com o vendedor, os seguranças ordenaram que ele saísse do local, devido a proibição do comércio ambulante. Os seguranças tentaram tomar suas mercadorias. Ao tentar fugir, foi agredido com golpes de cassetetes.

A agressão ocorreu em frente à estação Itapevi, da Linha 8-Diamante da CPTM, na Avenida Feres Nacif Chaluppe.

Os vendedores afirmam que discussões entre os ambulantes e seguranaçs ocorrem com frequência, pelo fato dos ambulantes ficarem em uma área que dá acesso às escadas que levam à estação.

Porém, Klebson afirma ter sido agredido na calçada, do lado de fora da estação.


Nota da CPTM

A CPTM informou que os vendedores tentavam ocupar a passarela da estação, e que os mesmos reagiram a abordagem dos seguranças da companhia.

Segundo a companhia, sete ambulantes agrediram dois seguranças, que foram levados ao hospital. Dois vendedores foram detidos.

Um boletim de ocorrência foi registrado pela CPTM contra os vendedores por lesão corporal.

*Com informações do Portal G1

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo, você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.

Deixe uma resposta