fbpx

Empresa Chinesa BYD quer resgatar projeto da Linha 18-Bronze do Metrô de SP

O grupo chinês BYD apresentou ontem, dia 6 de julho, um projeto ao governo de São Paulo para resgatar o modelo original da Linha 18-Bronze do Metrô. O ramal ligaria o Grande ABC a Capital Paulista. As informações foram publicadas pelo Diário do Grande ABC.

A intenção da empresa chinesa é realizar todo o projeto de construção, realizando a construção e fornecimento da tecnologia do modal e mão de obra especializada. As obras poderiam durar até três anos caso o governo aceite a proposta.


Ainda segundo informações, a BYD estaria interessada até em adquirir o Consórcio Vem ABC, formado pelas empresas Primav, Cowan, Encalso e Benito Roggio. O grupo venceu a licitação de PPP (Parceria Público-Privada) em 2014, assinada pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB)

O custo do projeto era de R$ 4,26 bilhões, dividido entre Estado, União e setor privado. As obras não foram adiante porque empacou na fase de desapropriações.

Atualmente a BYD é a responsável pelas obras da Linha 17-Ouro, que irá ligar o Morumbi ao Aeroporto de Congonhas, via Monotrilho. Segundo o diretor de negócios da empresa, Alexandre Liu, isso pode facilitar a conversa com o governo.

“Se o governo destravar essa proposta, temos interesse. O grupo se disponibiliza em aportar dinheiro, caso seja necessário. Queremos retomar o projeto de monotrilho. Estamos à disposição do governo”, avaliou.

A linha foi projetada para ter 15,7 quilômetros de extensão. Partindo de São Bernardo do Campo, passando por Santo André e São Caetano do Sul, até a Estação Tamanduateí, na cidade de São Paulo. O ramal faria integração com a linha 10-Turquesa da CPTM e linha 2-Verde do Metrô de São Paulo.

BRT

No ano passado, o Governador João Doria declarou que a construção da Linha 18-Bronze era inviável, informando posteriormente que seria construída uma linha de BRT (sigla em inglês para transporte rápido por ônibus) no lugar do monotrilho.


Além disso, a expectativa era que no primeiro semestre de 2020 seria divulgado o cronograma de implantação do sistema BRT.

Veja também:
Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo, você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.