fbpx

Trens das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda serão remanejados após a concessão das duas linhas

As linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira da CPTM devem receber novas composições oriundas das linhas 8-diamante e 9-Esmeralda após a concessão das duas linhas. É o que informou o secretário de transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, em entrevista concedida a Revista Ferroviária, realizada na última quinta-feira, dia 23 de julho.

Segundo Baldy, a concessão dos dois ramais é o principal projeto da pasta neste ano. As duas são consideradas as melhores linhas da CPTM e ligam as zonas sul e oeste a região central da cidade de São Paulo.


Ainda segundo Alexandre Baldy, a expectativa é que a concessão das duas linhas também viabilize a outorga da Linha 7-Rubi a iniciativa privada por meio de um contrato de PPP (Parceria Público Privada).

O projeto é que a linha 7-Rubi seja estendida, podendo chegar até a cidade de Campinas, contando também com a implantação de um expresso que ligará a cidade e Campinas a São Paulo, com a expectativa de 60 minutos de viagem ligando as duas cidades.

Se de fato as três linhas serem concedidas, a previsão é de que sobrem mais recursos, o que possibilitaria mais investimentos nas demais linhas que permanecerão sobre gerenciamento da CPTM


A previsão é que seja lançada na primeira quinzena de agosto a licitação para a concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM. A celebração do contrato com o novo concessionário deverá acontecer no início de 2021, segundo informações concedidas pelo secretário.

O prazo de concessão deverá ser de 30 anos e os investimentos esperados são da ordem de R$ 3 bilhões. Duas novas estações, compra de 30 novos trens, reformas de 35 estações, intervalos de três minutos durante o pico estão entre algumas das exigências do governo.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo, você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.