fbpx

PRIMEIRA MÃO: Greve no Metrô de São Paulo é cancelada

Não haverá Greve no Metrô de São Paulo nesta terça-feira, dia 28 de julho. É que informou o Sindicato dos Metroviários, após a realização de uma assembleia emergencial na madrugada desta terça. O sindicato desistiu da greve após o secretário de transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, apresentar propostas para cancelar a paralisação.

A decisão foi tomada pelos trabalhadores da companhia. Segundo informações do Sindicato, 1.734 trabalhadores votaram e 79,66% optaram pelo cancelamento da greve.


O sindicato havia aprovado a greve na noite da última segunda-feira (27), após não ter entrado em acordo com o Metrô de São Paulo.

Os representantes dos trabalhadores vinham afirmando que a companhia estavam se aproveitando da atual crise sanitária pra retirar os direitos dos trabalhadores do sistema.

Além disso, no dia 23 de julho, os metroviários receberam um comunicado do Metrô informando sobre um corte de 10% nos salários. Além disso, foram reduzidas as horas extras e os adicionais noturnos.


Confira abaixo as propostas:

Veja também:
Metrô de SP anuncia corte nos salários dos funcionários e revolta categoria
Metrô de SP avalia desligar escadas rolantes e reduzir limpeza
Sindicato confirma greve no Metrô de SP nesta terça (28)

Metrô de SP abre licitação para uso comercial de espaços em estações e terminais de ônibus

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo, você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.