fbpx

Joice Hasselmann volta a defender fechamento da SPTrans e fim de subsídios a empresas de ônibus

A Deputada Federal e pré-candidata pelo PSL a prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann, voltou a defender o fim da SPTrans em uma entrevista concedida a TV Bandeirantes na noite da última quinta-feira, dia 3 de setembro.

Anteriormente, em uma outra entrevista concedida a Veja São Paulo, a deputada havia prometido acabar com o órgão público caso vença as eleições municipais marcadas para ocorrer em novembro deste ano.


Além de propor o fechamento da SPTrans, órgão que controla e fiscaliza o sistema de transporte sobre ônibus em São Paulo, Hasselmann também pretende acabar com as licitações que, segundo ela, favorecem as empresas de ônibus.

“Não tem sentido existir. É um ‘cabidaço’ de empregos, um ralo de dinheiro público escorrendo e você não vê atuação e autuação dessas empresas. A prefeitura tira mais de R$ 3 bi para isso. As empresas que se adequarem [a este novo modelo] estão dentro, mas quem vai tomar conta será a prefeitura”, afirmou a pré-candidata.

Além disso, Hasselmann ainda disse que talvez seja possível reduzir o preço da tarifa com o fim do subsídio para o setor de transportes.


Veja também:
Em 2016 gestão Doria-Covas prometeu congelar valor da tarifa de ônibus durante todo o mandato
Rogério Lins promete integração do Bilhete Único de Osasco com CPTM E EMTU
Joice Hasselmann promete acabar com SPTrans caso vença eleições

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.