fbpx

Gestão Covas deve gastar R$ 1,7 bi acima do previsto com subsídios as empresas de ônibus em 2020

Uma matéria do Portal CBN aponta que a prefeitura da cidade de São Paulo deve gastar R$ 1,7 bi acima do previsto em subsídios do transporte público.

Isso representa um aumento de 74% acima do previsto no orçamento de 2020. Com isso, a prefeitura terá que repassar R$ 4 bilhões as empresas de ônibus para compensar a redução de arrecadação tarifaria devido ao atual momento sanitário enfrentado.


Segundo informações da SPTrans, a demanda de passageiros está atualmente em 51% quando comparada a mesma quantidade de usuários que utilizavam os coletivos antes da crise.

Relatório do TCM

Em julho, um relatório do tribunal de contas do município (TCM) apontou que o valor médio do subsídio por passageiro passou de R$ 1,19, de janeiro a maio de 2019, para R$ 2,24 em 2020, com pico de R$ 4,21 em abril.


Segundo informou a SPTrans após a divulgação do relatório do TCM, esse aumento visa aumentar a proteção dos paulistanos que dependem do sistema de ônibus, que ficou mais vazio por conta da crise sanitária e as recomendações de distanciamento social.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.