fbpx

UM PASSO ATRÁS: Licitação de sondagens da futura Linha 20-Rosa é suspensa

O Metrô de São Paulo informou em seu site que a licitação de sondagens da futura Linha 20-Rosa foi suspensa.

O motivo da suspensão foi um recurso movido pelo Consórcio Systra Ebei Juris L20 contra a decisão, que foi publicada em 31 de agosto.


O objetivo da licitação é a de verificar a viabilidade da construção da linha através de estudos geotécnicos, sondagens do solo e mapeamento da futura linha 20-Rosa. O ramal deve ligar o município de Santo André ao bairro da Lapa, localizado na zona oeste da capital paulista.

O Consórcio Systra Ebei requeriu a revogação da decisão que declarou o Consórcio GPO-Geocompany-Geotec vencedor da licitação, alegando que a proposta vencedora está “completamente em desacordo com a legislação aplicável, bem como com aplicação de parâmetros percentuais de encargos claramente falhos”.

Confira abaixo algumas contestações enviadas pelo Consórcio Systra Ebei ao Metrô de São Paulo:


Sobre a Linha 20-Rosa

Segundo estimativas, a linha deverá transportar cerca de 1 milhão de passageiros nos dias uteis quando estiver concluída.

Caso saia do papel, a linha deve ter conexão com o BRT ABC e linhas 10-Turquesa, 1-Azul, 2-Verde, 4-Amarela, 5-Lilás e também com a futura linha 6-Laranja que deve ter suas obras reiniciadas ainda este ano.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.