fbpx

Uber fecha parceria com Digio para linha de crédito voltada a motoristas no Brasil

A Uber fechou um acordo com o Digio, banco digital controlado pelo Bradesco e Banco do Brasil, para oferecer uma linha de crédito pessoal a motoristas da plataforma no Brasil.

O valor do empréstimo vai de R$ 1.000 até R$ 5.000. A taxa de juros é de 2,97% ao mês, com prazo de até 12 meses para o pagamento.


Inicialmente, a linha de crédito estará disponível para mil motoristas. Porém, a Uber pretende disponibilizar o recurso para a base total de motoristas e entregadores da plataforma no país, que conta com um milhão de colaboradores.

O pagamento é diferente do CDC tradicional, em que as prestações são pagas mensalmente. Na linha de crédito oferecida aos motoristas, os valores podem ser retidos semanalmente, acompanhando a entrada de receita dos motoristas.

A Uber irá analisar os valores arrecadados pelos motoristas e irá reter os valores devidos. A empresa não garantirá os empréstimos nem irá receber parte da receita das operações.

A iniciativa é parte de um movimento da Uber para ampliar o vínculo com seus associados, para ter a preferência de motoristas e entregadores.

Fonte: Infomoney

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Desse modo, você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

David Molina

David Molina

Paulistano, budista, fotógrafo, entusiasta do transporte público, editor dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo no Facebook.