fbpx

Doria e Covas retiram gratuidade de idosos na SPTrans, EMTU, CPTM e Metrô

O Governador do estado de São Paulo, João Doria, e o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, ambos do PSDB, decidiram nesta quarta-feira, dia 23 de dezembro, retirar o direito de idosos que tem entre 60 e 65 anos de viajarem gratuitamente nos ônibus da SPTrans e EMTU e nos trens da CPTM e do Metrô. As mudanças terão inicio a partir de 1° de janeiro de 2021.

Na gestão estadual, Doria editou um decreto, publicado nesta quarta, no Diário Oficial do Estado, suspendendo a regulamentação da lei estadual que concedia o benefício desde 2014.


Já na gestão municipal, Covas revogou a lei 15.912 de 2013, que garantia a isenção de pagamento da tarifa nas linhas gerenciadas pela SPTrans às pessoas com idade igual ou maior que 60 anos. A revogação foi publicada no Diário Oficial do município também nesta quarta, após o prefeito conseguir uma aprovação da Câmara Municipal para retirar o benefício.

Porém, nada muda para os passageiros com idade acima de 65 anos. O benefício para essas pessoas é garantido pela lei federal que instituiu o Estatuto do Idoso.

Em nota conjunta, a prefeitura e o governo estadual disseram que “a mudança na gratuidade acompanha a revisão gradual das políticas voltadas a esta população, a exemplo da ampliação da aposentadoria compulsória no serviço público, que passou de 70 para 75 anos, a instituição no Estatuto do Idoso de uma categoria especial de idosos, acima de 80 anos, e a recente Reforma Previdenciária, que além de ampliar o tempo de contribuição fixou idade mínima de 65 anos para aposentadoria para homens e 62 anos para mulheres”.


Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo em nosso canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram ou em nossos grupos no WhatsApp e Telegram. Desse modo você poderá acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Aviação, bem como outras matérias relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.