fbpx

GREVE CONFIRMADA: Metrô de SP será paralisado a partir da meia noite desta quarta, dia 19

O sindicato dos metroviários confirmou na noite desta terça-feira uma greve que terá início a meia noite desta quarta-feira (19).

De acordo com o sindicato, os funcionários estão há dois anos sem reajuste salarial e também não receberam os pagamentos do PR (Participação dos Resultados) referente aos anos 2019 e 2020.


A paralisação afetará as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata (monotrilho), onde trabalham cerca de 7.200 metroviários.

As linhas 4-Amarela e 5-Lilás não estão incluídas na mobilização porque têm data-base em março, quando negociaram um reajuste cujo índice ficou em torno de 4%.

REIVINDICAÇÃO DOS METROVIÁRIOS

– Reposição salarial baseada no IPC-Fipe dos últimos 2 anos de 9,72%

– Reajuste de 29% no Vale Alimentação e Vale Refeição

– Recuperar os direitos e a manutenção do acordo coletivo

– Pagamento dos 50% em aberto da PR (Participação nos Resultados) de 2019, que deveria ter sido creditado no ano passado.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube , em nossas redes sociais como o Facebook , Twitter e Instagram . Desse modo, você pode acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras coisas relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Letícia Castilho

Letícia Castilho

Paulistana, blogueira, empreendedora digital e amante da mobilidade urbana que procura sempre levar informações relevantes e de qualidade ao público que acompanha o Via Coletivo diretamente pelo site ou através dos perfis nas redes sociais.