fbpx

Metroviários aceitam proposta do TRT e greve no Metrô de SP é suspensa

A greve dos metroviários de São Paulo está suspensa. Após uma assembleia virtual realizada na noite desta quarta-feira, dia 19 de maio, os funcionários do Metrô decidiram, por 76% dos votos suspender a greve da categoria.

Com isso, as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata voltarão a operar normalmente a partir de quinta-feira, dia 20.


Em um comunicado divulgado em suas redes sociais, o sindicato informou que decidiu aceitar a proposta de conciliação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e suspender a greve no Metrô.

O TRT propôs reajuste salarial, no vale-refeição e no vale-alimentação, de 7,79%. Também foi proposto o pagamento de abono salarial, a ser pago em 31 de março de 2022, equivalente ao piso normativo da categoria dos metroviários vigente em março de 2022 para todos os empregados.


Porém o Metrô de São Paulo não aceitou a proposta do TRT e fez uma nova sugestão que foi rejeitada pelos metroviários. As negociações entre a categoria e a companhia continuam.

Enfim, Gostou da matéria?

Então, siga o Via Coletivo no canal do YouTube , em nossas redes sociais como o Facebook , Twitter e Instagram . Desse modo, você pode acompanhar tudo sobre Trens, Metrô, Ônibus, Uber, Aviação, bem como outras coisas relacionadas a Mobilidade Urbana e Transportes.

Aílton Donato

Cristão, paulistano, técnico em manutenção automotiva, empreendedor digital, criador dos perfis CPTM da Depressão e Metrô SP Depressivo nas redes sociais e do site Via Coletivo. Sonoplasta nas horas vagas e apaixonado por Mobilidade Urbana, em especial pelo sistema sobre trilhos.